Voltar para listagem
Autor(a):

Data do Post
13/08/2018
/Bem estar

Agrotóxicos e incidência de câncer: há relação?

Você provavelmente já ouviu falar em agrotóxicos, pesticidas e adubos químicos e como esses materiais podem impactar negativamente a nossa saúde.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) afirma que 80% dos casos de câncer são decorrentes de exposição a agentes químicos.

O Instituto Nacional do Câncer (INCA) vem desenvolvendo inúmeras pesquisas relacionando o uso de agrotóxicos com o aparecimento dos mais diversos tipos de câncer, além de se posicionar oficialmente contra as práticas atuais do uso no Brasil.

Ao realizarmos uma refeição, muitas vezes consumimos, em um mesmo alimento, diferentes tipos de agrotóxicos que não são eliminados pelo organismo e são acumulados ao longo do tempo. De acordo com a Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), o brasileiro consome até 12 litros de agrotóxico no ano.

Como evitar os agrotóxicos no dia a dia?

Muitos produtos que consumimos no dia a dia podem conter traços de contaminação por agrotóxicos: frutas, verduras, legumes, leite, carnes e produtos industrializados.

Isto ocorre devido à contaminação da água, do solo e a utilização, por parte da indústria, de matéria prima contaminada. Existem diversas estratégias de pequenos grupos para propagar a agroecologia e a produção de alimentos orgânicos. “A campanha Viva Sem Veneno” é uma articulação nacional unindo pessoas, entidades e organizações nessa luta pela vida e contra o uso dos agrotóxicos.

Para evitar a exposição aos agrotóxicos e diminuir o seu consumo, seguem algumas dicas:

Prefira alimentos orgânicos e que estão na época, pois estas safras recebem menos agrotóxicos;

Lave frutas e hortaliças por 1 minuto com esponja e detergente neutro antes de consumir;

Retire as folhas externas das verduras e descasque as frutas de casca fina, pois estas partes concentram mais pesticidas.

Todo ano a Anvisa divulga uma lista dos alimentos mais contaminados. Vale a pena consultar e saber quais alimentos evitar para diminuir o risco de danos à saúde.

De acordo com pesquisa recente, publicada no "Journal of Agricultural and Food Chemistry", o uso de solução com bicarbonato de sódio ajuda a remover até 96% de agrotóxicos da casca da maçã, sendo então uma estratégia para ser empregada na rotina diária das famílias brasileiras.

 

*Artigo escrito por Beatriz Silva, nutricionista da São Carlos Saúde Oncológica