Voltar para listagem
Autor(a):

Data do Post
24/08/2017
/Notícias

2ª Conferência Nacional de Saúde da Mulher debate atenção integral à saúde

Aconteceu em Brasília, a 2ª Conferência Nacional de Saúde das Mulheres nos dias 17 a 20 de agosto. A conferência reuniu 1800 delegadas, que votaram e debateram diversas pautas de interesse das mulheres. 

Todas as propostas debatidas, foram aprovadas com mais de 90% de votos. As discussões e as propostas aprovadas servirão de subsídio para traçar as diretrizes da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde das Mulheres. 

A expectativa do Conselho Nacional de Saúde é que esta Conferência seja a efetivação do Controle Social no SUS para a saúde das mulheres, com a oportunidade de reafirmar direitos, assegurar avanços e apontar desafios para a consolidação da PNAISM (Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher).

Foram debatidas propostas como: Lei dos 60 dias, Lei da Mamografia acima de 40 anos, Lei da Reconstrução mamária e também, sobre o aperfeiçoamento do SISCAN. 

A primeira Conferência Nacional de Saúde e Direitos das Mulheres aconteceu em 1986, e após 30 anos retoma as discussões e reúne mulheres para pensar a política nacional de saúde. O objetivo principal, é criar um espaço politico de debates de ideias que contribuam para o avanço do controle social do SUS e garantir atenção integral à saúde da mulher sem discriminação e/preconceito.

 

Fonte: http://bit.ly/2v9RSWh / http://bit.ly/2wrkDxs